Categorias
EMPRÉSTIMO

Empréstimo consignado do INSS terá redução no teto de juros; confira

O teto de juros do empréstimo consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai cair nos próximos dias. O novo limite, de 1,68% ao mês, foi aprovado pelo Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS), por 14 votos a 1, nesta quarta-feira (28).

O novo teto é 0,04 ponto percentual menor que o limite atual, de 1,72% ao mês, nível que vigorava desde fevereiro. O teto dos juros para o cartão de crédito consignado caiu de 2,55% para 2,49% ao mês.

Propostas pelo próprio governo federal, as medidas entram em vigor oito dias após a instrução normativa ser publicada no Diário Oficial da União, o que ocorrerá nos próximos dias.

A justificativa para a redução foi o corte de 0,5 ponto percentual na Taxa Selic (juros básicos da economia). No fim de março, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu os juros básicos de 11,25% para 10,75% ao ano.

Com o novo teto, os bancos oficiais – que têm votado contra a medida, alegando descompasso entre os juros do consignado e a realidade do mercado financeiro – terão de reduzir as taxas para o empréstimo consignado do INSS. A Caixa Econômica Federal, por exemplo, cobra atualmente uma taxa de 1,71% ao mês.