Categorias
FINANÇAS

Desenrola Brasil: programa negocia dívidas em cartões de loja; saiba mais

O Desenrola Brasil é um programa emergencial criado pelo governo federal que possibilita a renegociação de dívidas dos brasileiros e tem beneficiado a população que se encontra com o nome negativado no Serasa.

Por meio do programa, destinado sobretudo aos 70 milhões de negativados que existem atualmente no Brasil, podem ser renegociadas as dívidas negativadas de crédito de 2019 até 2022. A adesão ao programa por credores, beneficiários e bancos é voluntária.

O Desenrola Brasil será executado em três etapas. As duas primeiras já estão em andamento desde segunda-feira que são a extinção de dívidas bancárias de até R$ 100 e uma etapa de renegociação de dívidas bancárias que pode beneficiar mais de 30 milhões de brasileiros.

Na primeira etapa do programa a renegociação é permitida apenas para quem entrou na lista de negativados a partir de 1º de janeiro de 2019 e permaneceu nela até 31 de dezembro de 2022. Dívidas contraídas em 2023 não entram no programa.

Outro grupo já beneficiado nessa fase é o de pessoas físicas com renda de até R$ 20 mil e dívidas em banco sem limite de valor. É a chamada Faixa 2. Para essa categoria, os bancos vão oferecer possibilidade de renegociação diretamente com os clientes, por meio de seus canais.

No caso das pessoas físicas que têm dívidas bancárias de até R$ 100, elas ficarão automaticamente com o nome limpo pelas instituições, como parte do acordo com o Governo Federal. Com isso, caem restrições e a pessoa pode, por exemplo, voltar a pegar crédito ou fazer contrato de aluguel, se não tiver outras restrições. Com essa operação, o Governo Federal considera que pode beneficiar cerca de 1,5 milhão de pessoas.

O acordo nesta fase do Desenrola é restrito a dívidas bancárias, não sendo permitida a negociação de débitos de outras origens como água, luz e outros serviços, ou mesmo carnês de loja.

Dívidas com cartões de loja

Além de dívidas bancárias, os consumidores podem também negociar dívidas em cartões de lojas, como os cartões de crédito oferecidos por Magazine Luiza, Extra, Ponto Frio, Marisa, Assaí e Hipercard, que são emitidos pelo Itaú. O banco informou que a negociação de dívidas dos cartões das varejistas deve ser feita por meio do aplicativo do banco, do internet banking e do WhatsApp, no número (11) 4004-1144.

De acordo com o Banco do Brasil, os débitos de cartões de créditos de parceiros como AME, Smiles, Kabum e Dotz terão descontos de até 96% para pagamento à vista. O parcelamento pode ser feito em até 120 meses (equivalente a dez anos) e a taxa de juros pode ter uma redução de 25%. A negociação será feita pelo aplicativo do banco, por WhatsApp, enviando #renegocie para o número (61) 4004-0001, pela central de relacionamento nos telefones 4004-0001 (capitais) ou 0800-7290001 (demais regiões), pelas agências bancárias ou pelo internet banking.

No banco Bradesco, a negociação deverá ser realizada por aplicativo, através dos telefones 4002-0022 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-5700022 (outras regiões), assessorias de cobranças terceirizadas, agências bancárias, internet banking e diretamente com o parceiro.

Na Renner, a negociação será feita no site da sua financeira, a Realize CFI. Os descontos podem chegar a 98% e o pagamento pode ser à vista ou em até 48 vezes (equivalente a quatro anos).

Quer receber mais notícias sobre empréstimo, cartão de crédito e finanças em geral? Curta nossos perfis no InstagramFacebookGoogle News e entre em nosso Grupo no WhatsApp.